Polícia usa DNA para criar imagem de suspeito desconhecido

(David Bajer/CBC)
Compartilhe esta história!

Imagens geradas a partir de DNA são tão inúteis quanto um tabuleiro Ouija para identificar um suspeito, mas os tecnocratas são atraídos para brincar com dados como os gatos são atraídos pelo catnip. A reação pública foi imediata. Nenhuma cidade americana deveria permitir esse tipo de operação em seus departamentos de polícia locais.

Este conteúdo premium é apenas para membros premium – Confira!
Subscrever
Já é um membro? Acesse aqui

Sobre o Editor

Patrick Wood
Patrick Wood é um especialista líder e crítico em Desenvolvimento Sustentável, Economia Verde, Agenda 21, Agenda 2030 e Tecnocracia histórica. Ele é o autor de Technocracy Rising: The Trojan Horse of Global Transformation (2015) e co-autor de Trilaterals Over Washington, Volumes I e II (1978-1980) com o falecido Antony C. Sutton.
3 Comentários
mais velho
Recentes Mais votados
Comentários em linha
Ver todos os comentários