Finalmente! Bill apresentado para reprimir a censura às grandes tecnologias

Compartilhe esta história!
O "Ato Pró-Fala" pode não ser perfeito, mas demorou muito para chegar de um Congresso que falou mal da Big Tech sem fazer nada para controlá-la. O senador Roger Wicker (R-MS) pretende mudar isso . Os tecnocratas confiam na Big Tech para suprimir qualquer crítica aos seus planos e ambições globalistas. ⁃ Editor TN

O senador americano Roger Wicker (R-MS), membro graduado do Comitê de Comércio, Ciência e Transporte do Senado, apresentou na semana passada um projeto de lei que visa coibir a censura tecnológica chamado PRO-SPEECH Act.

O projeto estabeleceria proteções básicas para proibir a Big Tech de se envolver em práticas injustas, enganosas ou anticompetitivas que limitam ou controlam a fala dos consumidores.

O projeto de lei estabelece uma distinção estrita entre editores e plataformas, exigindo que as plataformas cumpram uma série de regras de acesso ao serviço.

De acordo com uma nota da imprensa do gabinete do senador Wicker, o projeto de lei visa:

  • Preserve a capacidade dos consumidores de acessar conteúdo, aplicativos, serviços ou dispositivos legais, desde que não interfiram na funcionalidade de uma plataforma de Internet ou representem um risco de privacidade ou segurança de dados para um usuário.
  • Proibir as plataformas da Internet de realizar qualquer ação contra usuários com base em motivos raciais, sexuais, religiosos, partidários ou étnicos.
  • Proibir grandes plataformas de internet de bloquear ou discriminar plataformas de internet concorrentes, declarando tais ações presumivelmente anticompetitivas.
  • Exigir que uma plataforma de Internet divulgue ao público informações precisas sobre as práticas de gerenciamento da plataforma, características de desempenho e termos comerciais de serviço de qualquer loja de aplicativos, serviço de computação em nuvem, sistema operacional, mecanismo de pesquisa ou rede de mídia social de sua propriedade; e
  • Autorizar a Federal Trade Commission a fazer cumprir a Lei nos termos da Seção 5 da Lei FTC, não obstante qualquer outra disposição da lei.

“As grandes empresas de mídia social continuam a abusar de seu poder de mercado censurando conteúdo, suprimindo certos pontos de vista e priorizando o discurso político favorável”, disse o senador Wicker em um comunicado.

“Meu projeto de lei estabeleceria salvaguardas para preservar a liberdade na Internet, promover a concorrência e proteger os consumidores dessas práticas ostensivamente tendenciosas. É hora de o Congresso agir para garantir que a Internet possa ser um fórum aberto onde pontos de vista diversos são expressos. ”

Leia a história completa aqui…

Sobre o autor

Patrick Wood
Patrick Wood é um especialista líder e crítico em Desenvolvimento Sustentável, Economia Verde, Agenda 21, Agenda 2030 e Tecnocracia histórica. Ele é o autor de Technocracy Rising: The Trojan Horse of Global Transformation (2015) e co-autor de Trilaterals Over Washington, Volumes I e II (1978-1980) com o falecido Antony C. Sutton.
Subscrever
Receber por
convidado
4 Comentários
mais velho
Os mais novos Mais votados
Comentários em linha
Ver todos os comentários
flecha

Rrrrright. Quem paga a conta?

jeff

Eles precisam adicionar multas pesadas

Devon

Não caia nessa. O GOP faz isso para arrecadar fundos sabendo muito bem que o projeto tem chance zero de se tornar lei. Eles não têm poder.

trackback

[…] Finalmente! Bill apresentado para reprimir a censura às grandes tecnologias [...]