ESG: A Grande Mentira do Capitalismo Desperto

Compartilhe esta história!

O ESG é um enteado do "capitalismo das partes interessadas", onde partes interessadas não relacionadas e autodeclaradas se sentam à sua mesa para lhe dizer o que você pode ou não fazer. O ESG é uma tentativa dissimulada e velada de obter o controle de empresas e indivíduos. Quem inventou esse lixo? Não procure mais do que o Fórum Econômico Mundial e as Nações Unidas. O ESG é intelectualmente falido e moralmente corrupto.

Este conteúdo premium é apenas para membros premium – Confira!
Subscrever
Já é um membro? Acesse aqui

Sobre o Editor

Patrick Wood
Patrick Wood é um especialista líder e crítico em Desenvolvimento Sustentável, Economia Verde, Agenda 21, Agenda 2030 e Tecnocracia histórica. Ele é o autor de Technocracy Rising: The Trojan Horse of Global Transformation (2015) e co-autor de Trilaterals Over Washington, Volumes I e II (1978-1980) com o falecido Antony C. Sutton.
11 Comentários
mais velho
Recentes Mais votados
Comentários em linha
Ver todos os comentários