A narrativa ESG “demonizada” está finalmente chegando a Larry Fink, da Blackrock

Obtendo seu Trinity Áudio jogador pronto...
Compartilhe esta história!

Larry Fink acabará desistindo do "investimento ESG" ou o mercado transformará ele e seu gigante Blackrock em pó. Quando estados como a Flórida retiram todos os investimentos no valor de US$ 2 bilhões de Blackrock, dói. Fink, cujo ego é tão grande quanto o sistema solar, vê tais ações como "demonizar os problemas" e "ataques pessoais".

Este conteúdo premium é apenas para membros premium – Confira!
Subscrever
Já é um membro? Acesse aqui

Sobre o Editor

Patrick Wood
Patrick Wood é um especialista líder e crítico em Desenvolvimento Sustentável, Economia Verde, Agenda 21, Agenda 2030 e Tecnocracia histórica. Ele é o autor de Technocracy Rising: The Trojan Horse of Global Transformation (2015) e co-autor de Trilaterals Over Washington, Volumes I e II (1978-1980) com o falecido Antony C. Sutton.
10 Comentários
mais velho
Recentes Mais votados
Comentários em linha
Ver todos os comentários