Papa Francisco: 'A humanidade deve se arrepender do abuso da Mãe Terra'

Papa chega à sede das Nações UnidasONU Foto
Compartilhe esta história!
As principais igrejas denominacionais do mundo foram cooptadas e subsumidas pela Tecnocracia para promovê-la ativamente em suas congregações. O Papa Francisco passou a adorar Gaia, a deusa primordial da terra na mitologia grega, deixando para trás as armadilhas do cristianismo. ⁃ Editor TN

Nós, humanos, “devemos nos arrepender e modificar nossos estilos de vida” por causa de nosso abuso da Mãe Terra, afirma o Papa Francisco em uma mensagem divulgada na quinta-feira.

Na sua Mensagem para a celebração do Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, o pontífice denuncia os “maus-tratos” à nossa casa comum decorrentes de “nossos excessos consumistas”, “antropocentrismo tirânico”, “interesses econômicos predatórios” e “míopes e ações egoístas” levando ao “colapso dos ecossistemas do nosso planeta”.

“Em primeiro lugar, é nossa irmã, a mãe terra, que grita. Presa de nossos excessos consumistas, ela chora e nos implora para acabar com nossos abusos e sua destruição”, declara Francisco em sua Mensagem.

Por causa da irresponsabilidade humana “incontáveis ​​espécies estão morrendo e seus hinos de louvor silenciados”, lamenta o papa, enquanto as terras ancestrais dos povos indígenas “estão sendo invadidas e devastadas por todos os lados, 'provocando um grito que sobe ao céu'. ”

Por causa da “crise climática”, os pobres sofrem desproporcionalmente o impacto da “seca, inundações, furacões e ondas de calor que se tornam cada vez mais intensas e frequentes”, afirma o papa.

“Ouvindo esses gritos angustiados, devemos nos arrepender e modificar nossos estilos de vida e sistemas destrutivos”, propõe Francisco, já que “o atual estado de decadência de nossa casa comum merece a mesma atenção que outros desafios globais, como graves crises de saúde e guerras”.

A conversão ecológica necessária para provocar uma mudança duradoura não pode ocorrer simplesmente no nível individual, insiste o papa, mas deve ser “também uma conversão comunitária” que abarque soluções multilaterais, “especialmente nas reuniões das Nações Unidas dedicadas à questão ambiental. ”

Em sua mensagem, Francisco também fala sobre a conferência COP27 sobre mudanças climáticas, a ser realizada no Egito em novembro de 2022, que “representa a próxima oportunidade para todos se unirem na promoção da implementação efetiva do Acordo de Paris”.

A Santa Sé subscreve a meta de Paris de limitar o aumento da temperatura a 1.5°C, afirma Francisco, que “exige uma cooperação responsável entre todas as nações na apresentação de planos climáticos ou contribuições nacionais mais ambiciosas para reduzir a zero, o mais rápido possível , emissões líquidas de gases de efeito estufa.”

“Isso significa 'converter' os modelos de consumo e produção, bem como os estilos de vida, de forma mais respeitosa com a criação e o desenvolvimento humano integral de todos os povos, presentes e futuros”, acrescenta. “A transição trazida por esta conversão não pode negligenciar as demandas da justiça, especialmente para aqueles trabalhadores que são mais afetados pelo impacto das mudanças climáticas.”

Junto com a conferência climática da ONU, Francisco ressalta a importância de uma cúpula da ONU sobre biodiversidade, a ser realizada no Canadá em dezembro, como forma de enfrentar “a dupla crise das mudanças climáticas e a redução da biodiversidade”.

Leia a história completa aqui…

Sobre o autor

Patrick Wood
Patrick Wood é um especialista líder e crítico em Desenvolvimento Sustentável, Economia Verde, Agenda 21, Agenda 2030 e Tecnocracia histórica. Ele é o autor de Technocracy Rising: The Trojan Horse of Global Transformation (2015) e co-autor de Trilaterals Over Washington, Volumes I e II (1978-1980) com o falecido Antony C. Sutton.
Subscrever
Receber por
convidado
16 Comentários
mais velho
Os mais novos Mais votados
Comentários em linha
Ver todos os comentários
DawnieR

Você primeiro!…….QUANDO vocês PEDO GLOBALISTAS vão se arrepender por DESTRUIR CRIANÇAS?!?!?!?!

Luís Rodrigues Coelho

Bergoglio é maçom eclesiástico, cumprimento das “Instruções Permanentes da Alta venditta” [plano secreto do século XIX]; o termo 'mãe terra' é exclusivamente pagão, então não estou surpreso com os comentários desse impostor, pois tenho acompanhado sua promoção do paganismo da nova era desde 19; lobos como ele promovem o paganismo disfarçado de terminologia cristã, vulgo, gnosticismo e duplicidade, para enganar os desinformados e os crédulos. O verdadeiro papa é Bento XVI, por isso nunca deixou o Vaticano; é literalmente impossível para a Igreja Católica ter dois papas vivos ao mesmo tempo, pois isso... Leia mais »

Ian Allan

Havia três em um estágio, mas no próximo todos eles renunciaram e um novo single foi eleito.

Wyomic

Chama-se Panteísmo. Aqui está a alternativa bíblica. Cornwall Alliance – Pela Mordomia da Criação

Blaise Vanne

Cornualha é ótimo. Obrigado por postar isso

Elle

Sim. Suponho que os Woketards não conheçam essa palavra.

Timothy J Weigel

Falado como um verdadeiro Anticristo, este Papa é uma maldição para a humanidade.

[…] Leia mais: Papa Francisco: 'A humanidade deve se arrepender […]

Darwin

Exceto por você sabe, Gênesis 1:26-28, onde afirma explicitamente que devemos ter domínio sobre a Terra? Ainda não é uma boa razão para ser pobre mordomos sobre a criação de Deus, mas este Papa está fora de sua mente satânica. Este we todos deveriam se arrepender por “destruir” a Terra, mas são os 1% que mais voam em jatos, iates e estilos de vida luxuosos que realmente têm pegadas de carbono significativas. Irreal.

Sammy Woo

Como alguém concilia o fato de que algo nos criou e criou todo o “mal” que suportamos? Então eles dizem que a COISA que nos criou merece nossa lealdade? Esta é a síndrome de Estocolmo em sua execução mais proficiente.

Rebecca

As elites corporativas usaram a terra e são os cidadãos para criar um sistema ganancioso muito injusto que SÓ os beneficia

Blaise Vanne

O papa deve se arrepender do xelim para o fascismo-marxismo

Elle

Eu irei, no momento depois que a IGREJA for dissolvida e vocês, pedófilos malvados, rastejarem de volta para debaixo da rocha de onde vocês vieram – saiam, morram, eu não me importo.

Papa doente. Igreja doente. Doentes cúmplices da ONU/WEF/OMS e da tirania que eles propuseram para o mundo.

Herakleios

Papa Francisco: 'A humanidade deve se arrepender do abuso da Mãe Terra' Não, Jorge Mario Bergoglio, isso NÃO é a verdade e você sabe disso, porque está escrito na Bíblia: “Também a terra está contaminada pelos seus habitantes; porque eles transgrediram as leis, mudaram a ordenança, quebraram a aliança eterna. Por isso a maldição devorou ​​a terra, e os que nela habitam são desolados; por isso os moradores da terra são queimados, e poucos homens restam.» (Isaías 24,5-6) Quais são as leis que transgredimos? Bem leia Levítico capítulo 18, por exemplo. Qual é a aliança eterna? Leia João... Leia mais »

Sammy Woo

O maior truque que “Deus” já fez foi convencer o mundo de que “Ele” não era responsável pelo mal nele.

[…] Papa Francisco: 'A humanidade deve se arrepender do abuso da Mãe Terra' […]