De quem é o golpe, afinal?

Napoleão Bonaparte
Compartilhe esta história!
image_pdfimage_print

por Patrick M. Wood

Desde o dia em que comecei a escrever sobre globalização, 45 anos atrás, meu co-autor, o falecido professor Antony C. Sutton, perfurou em minha mente "Siga o dinheiro, siga o poder". Isso me serviu bem ao longo dos anos.

Hoje, devemos também adicionar, “Siga os DADOS, siga o poder.” Claro, dados são dinheiro e é o vício dos tecnocratas em todos os lugares.

A Big Tech, que está repleta de tecnocratas radicais, acabou de matar o poder da mídia social, Parler. Primeiro, seus aplicativos foram descartados em telefones Android e Apple e, em seguida, a Amazon cancelou abruptamente seu contrato de armazenamento / processamento de dados e encerrou sumariamente todas as conexões.

Desapareceu em poucas horas nas mãos de três gigantes co-conspiradores da Big Tech.

Agora, isso é poder.

Quem tem o poder de censurar o Presidente dos Estados Unidos de se comunicar com os cidadãos americanos e, ao mesmo tempo, assassinar uma empresa próspera como a Parler?

Não Nancy Pelosi. Não Chuck Schumer. Não Adam Schiff. Não Antifa. Não importa a vida negra. Não marxistas. Não comunistas. Não fascistas. Não as Nações Unidas. Não republicanos. Não anarquistas. Não extremistas ambientais. Não é a Organização Mundial da Saúde.

Tanto para quem tem o poder. Você entendeu. É a Big Tech.

E quanto ao dinheiro e aos dados?

O Google controla 91% do tráfego do mecanismo de busca do mundo e mais de 72% de todos os sistemas operacionais de smartphones. A Apple controla 27% de todos os sistemas operacionais de smartphones e, entre os dois, isso representa 99% de todos os smartphones.

O serviço AWS da Amazon controla nada menos que 32% do mercado global de nuvem e gerou mais receita do que os próximos três maiores serviços combinados. AWS é cinco vezes maior que o Google Cloud.

A participação de mercado de todas as mídias sociais tem o Facebook com 68%, o Twitter com 10% e a subsidiária do Google, o YouTube, com pouco mais de 4%.

A imensidão de dados e riqueza contida neste pequeno grupo de empresas confunde a mente. Eles são literalmente os descendentes de lulas vampiras gigantes do monopólio da Standard Oil dos 21st século.

Com essa imagem em vista, vamos perguntar quem na sociedade representa o rabo e quem representa o cachorro?

Os democratas estão absolutamente certos de que Donald Trump e seu louco bando de MAGA-ites estão orquestrando um golpe contra a América. Por outro lado, o movimento MAGA está veementemente certo de que os esquerdistas radicais e democratas estão orquestrando o golpe.

Ambos podem ser verdadeiros ao mesmo tempo? Um lado está errado e o outro correto? Ou ambos estão sendo colocados um contra o outro por algum terceiro não reconhecido aqui? Hum, como Big Tech?

Aqui está o ponto principal: nem os democratas nem os republicanos dizem aos tecnocratas da Big Tech o que fazer. Durante a administração Trump, os principais líderes da Big Tech foram repetidamente chamados ao Congresso para sofrer broncas e ameaças de legislação antitruste. Isso mudou seu comportamento? Nem um pouco. Na verdade, o comportamento deles ficou ainda mais flagrante quando eles saíram pela porta.

A Big Tech tem o dinheiro. Big Tech tem os dados. Big Tech tem a tecnologia. Big Tech controla a narrativa. A Big Tech tem a clara intenção de microgerenciar todos os aspectos imagináveis ​​da sociedade. Pior ainda, a Big Tech odeia a liberdade de expressão, a Primeira Emenda e a Constituição de nossa nação.

Agora, envolva sua mente nisso.

Quem é o cachorro? Big Tech. Quem é o rabo? Todos os outros, incluindo políticos, esquerdistas, direitistas, centristas, marxistas, comunistas, socialistas, etc.

É hora de sair da mania artificial esquerda-direita e olhar diretamente para o verdadeiro inimigo da América - a miríade de Tecnocratas que não são eleitos ou prestam contas a ninguém, exceto seus próprios senhores tecnocratas.

Tecnocratas em Big Tech são os que estão matando a liberdade de expressão e a Primeira Emenda. Não culpe nenhum político, de esquerda ou de direita. Não culpe a chamada "cultura de cancelamento". Não culpe qualquer um outro.

A ironia da liberdade de expressão é que ela tornou possível todo o progresso humano ao longo dos séculos. Por outro lado, todas as tentativas de sufocar a liberdade de expressão provaram ser regressivas.

Embora haja um ar de “progresso” em torno das conquistas da Big Tech, suas ações atuais são destrutivas para a liberdade e a liberdade, sem as quais a América deixa de ser a América.

Sim, há um golpe ocorrendo bem debaixo de nosso nariz coletivo, mas não se origina da esquerda ou da direita. Esta nova coluna de combatentes inimigos são tecnocratas e buscam o controle total sobre tudo.

Até que isso seja claramente reconhecido, não haverá vitórias para preservar nossa grande nação.

Para aqueles que querem mudar essa situação, são incentivados a se associar ao CitizensForFreeSpeech.org e fazer sua voz ser ouvida.

Sobre o autor

Patrick Wood
Patrick Wood é um especialista líder e crítico em Desenvolvimento Sustentável, Economia Verde, Agenda 21, Agenda 2030 e Tecnocracia histórica. Ele é o autor de Technocracy Rising: The Trojan Horse of Global Transformation (2015) e co-autor de Trilaterals Over Washington, Volumes I e II (1978-1980) com o falecido Antony C. Sutton.
Subscrever
Receber por
convidado
10 Comentários
mais velho
Os mais novos Mais votados
Comentários em linha
Ver todos os comentários
EK

Bingo! Muito bem afirmado. Eu concordo com sua avaliação.

Obrigado!

Prego

Agora, esta é a verdade clara, mas eu me pergunto se esses gigantes da tecnologia podem financiar suas próprias operações ou eles ainda têm um limite na mão para aqueles que criam dinheiro? Embora seja um tipo de relação simbiótica entre os banqueiros e os proprietários de empresas de tecnologia, podemos ter certeza de que todos eles estão lendo da mesma página, pois todas as corporações globalistas se sintetizam em uma entidade.

Timothy Driscoll

Sim, em última análise, a hegemonia bancária financia todo o show.

ALISON PEEL

Sim, os banqueiros são uma parte fundamental dessa elite governante. John Ward tem dito o mesmo em seu blog enquanto observa a situação no Reino Unido, Europa e EUA de sua base na França. ANÁLISE: por que aposentados do Estado famintos, médicos mal pagos do NHS e pequenos negócios quase falidos estão todos do mesmo lado. - The Slog (therealslog.com)

Laurbiano

big tekka big pharma big banka = domínio absoluto

Alex

Tenho sido fortemente contra o digital desde que ele apareceu na minha vida, por volta de 1990. Há muito tempo que falo contra o digital, mas as pessoas nunca me deram a mínima. Acho que entendi a palavra errada. Digital. Big tech é provavelmente o que eu sempre fui tão fortemente contra. Ainda assim, digital é a tecnologia deles e sem ela eles não teriam esse poder, pelo menos não neste nível. Ou estou entendendo errado?

Timothy Driscoll

Eu concordo totalmente! No entanto, os Tecnocratas criaram um Exército virtual que os adora e seus brinquedos / armadilhas de tecnologia de diversão e conveniência. Eu digito isso enquanto tomo um banho. Também sou culpado de apoiar sua construção distópica, é uma construção artificial que termina quando o universo decide apontar um CME para a terra e frizzle frys skynet e subnet levando a humanidade de volta ao cavalo e à carruagem. A humanidade se recusa a deixar o Golden que foi construído para ela. No final, uma gaiola de ouro ainda é uma gaiola. Só quando a humanidade voa para fora dessa jaula... Leia mais »

[…] Sursa: https://www.technocracy.news/just-whose-coup-is-it-anyway/ […]